Quinta-feira, 5 de Maio de 2011

Os clássicos são um bom investimento?

Aproveitando a realização do Motorclássico - Salão Internacional de Automóveis e Motociclos Clássicos, no passado mês de Abril, a equipa do programa de finanças pessoais da RTP N – “O seu dinheiro” abordou o tema dos clássicos como um investimento.

 

 

Ao longo dos cerca de 10 minutos do programa a temática dos clássicos do ponto de vista financeiro é analisada.

 

O programa é interessante pois apresenta não só os pontos de vista dos “clássicos valiosos” – Rolls Royce e viaturas únicas, como também os pontos de vista dos “clássicos populares”.

 

Penso que numa coisa estão todos de acordo. O maior e melhor retorno do investimento será o prazer e a satisfação dada pelo clássico.

 

Em relação ao retorno financeiro, não faço por ora comentários.

 

Este é um tema interessante, que pretendo abordar num futuro com a minha visão e centrado no caso particular do Citroën 2CV – Dois Cavalos.

publicado por Nuno Rocha às 23:34
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 28 de Março de 2011

O regresso do guarda-chuva azul - Blogue

No final do ano passado fiz aqui referência ao blogue Citroën 2cv... Um projecto caseiro, hoje venho aqui fazer referência a um outro blogue semelhante que encontrei - O regresso do guarda-chuva azul.

 

Neste blogue o seu autor, André Sobral, relata com detalhe a recuperação do seu Citroën 2CV "Gi-Joe". Cerca de 7 meses de trabalhos com vista à participação no Verão de 2009 no Encontro Mundial de Amigos do Citroën 2CV.

 

 

Captura de ecrã do guarda chuva azul

 

É pois mais um blogue de visita indispensável e obrigatória para todos aqueles que estão a recuperar algum Citroën 2CV - Dois Cavalos ou derivado ou que estejam a ponderar fazê-lo.

 

A exemplo do Luís Silva, autor do blogue - Citroën 2cv... Um projecto caseiro!, tive também a oportunidade de fazer uma pequena entrevista com o André Sobral.

 

Paixão 2CV: Como se preparou antes de se iniciar neste restauro \ recuperação? (Espaço para ter o carro, ferramentas, manuais, capacidades técnicas...)
André Sobral: Confesso que a única coisa que fiz em termos de preparação, para além de ir comprando algumas peças necessárias para os trabalhos, foi esperar que a garagem existente em casa dos meus pais ficasse vaga para o azulinho poder entrar.

 

Ferramentas já existiam, pai e 2 filhos todos engenheiros mecânicos e que gostam de "sujar as mãos" :)

 

O manual Haynes já o tinha comprado alguns anos antes e dispunha de algumas publicações do meu pai, bem como da sua enorme sabedoria na área dos Citroën 2CV. De tal forma que acabei por não necessitar de nenhuma consulta bibliográfica, a supervisão "sénior" foi suficiente!

 

Paixão 2CV: Qual a maior surpresa positiva e\ou negativa que teve durante o restauro?
André Sobral: Como melhor surpresa, tive a mecânica que se encontrava em muito bom estado. Nem transmissões ou foles de suspensão levou, estavam todos em excelente estado, o motor com uma saúde 100% e uma caixa de velocidades a condizer.

 

Como piores surpresas, sem dúvida, o estado das peças de chapa. Mesmo algumas que não pareciam muito más numa primeira análise, depois de alguma "prospecção" vieram a revelar-se em muito pior estado... Mas confesso que foi uma das muitas coisas que aprendi com este restauro.

 

Paixão 2CV: Qual a coisa que lhe deu mais satisfação em fazer?
André Sobral: Na verdade, o que ainda me está a dar muita satisfação em fazer, apesar da grande quantidade de tempo que exige, é o trabalho de bate-chapas. É algo que se faz com calma e num estado de quase reflexão, dando um enorme prazer.

 

Já disponho de muitas fotos desta 2ª fase do restauro que, em breve, publicarei no blog.

 

Paixão 2CV: Qual a coisa que foi mais difícil?
André Sobral: A reparação da carroçaria. Na altura, não tinha qualquer experiência em bate-chapas, muito menos em substituir fundos. Foi o meu pai a realizar esse trabalho, bem como reparar os podres existentes no perfil inferior da carroçaria, onde estão os pontos de suporte do macaco. Foram quase 4 meses de muito trabalho, a tirar medidas, cortar e soldar.

 

Paixão 2CV: Como estar preparado para o "já agora" e se há alguma forma de resistir?
André Sobral: O "já agora" é algo que surge no decorrer dos trabalhos ou é algo que já tínhamos em mente antes de começar com o restauro. Eu confesso que, antes de ter começado este trabalho, tinha em mente terminar com o carro impecável e como sonhava.

 

Tal não aconteceu por 2 razões:

  • a falta de experiência da minha parte neste assunto, fez me fazer uma estimativa temporal das coisas demasiado optimista;
  • o querer ao mesmo tempo aprender também fez com que fizesse as coisas de forma mais lenta do que se já tivesse experiência.

 

Por outro lado, como refiro num dos artigos do blog, queria ter o carro pronto naquele Verão de 2009, o que me obrigou a fazer escolhas. Daí que, e tentando responder à segunda pergunta desta questão, para resistir ao "já agora", e se esse resistir é mesmo nossa vontade, é ter em mente a nossa meta final muito bem definida e programada, por forma a conseguirmos atingi-la, mesmo que implique alguns sacrifícios...

 

Paixão 2CV: Qual seria o seu conselho para alguém que estivesse a iniciar a recuperação de um Citroën 2CV?
André Sobral: Pessoalmente, dou 3 conselhos muito importantes:

  • ter um bom capital para investir (no meu caso, em termos de material e uns poucos serviços externos, devo ter gasto até à data cerca de 4000€);
  • um local coberto para poder repará-lo e, posteriormente, guardá-lo (quando alguém me pergunta que cuidados deve ter quando comprar um 2CV, eu faço a pergunta: 'Tens sítio coberto para o guardar?'. Se a resposta for negativa, desaconselho a compra);
  • finalmente, muita calma e paciência no restauro para que tudo fique bem feito e, principalmente, dê um grande prazer a desfrutar.

 

Paixão 2CV: Só para terminar, um pouco de "sal e pimenta". Numa das mensagens mais recentes faz referência ao "baptismo" da sua cara metade com o Citroën 2CV? Foi difícil convence-la a experimentar o Citroën 2CV? Quais foram as principais reticências... se as houve?

André Sobral: É engraçado que houve reacções extremas nas primeiras abordagens ao Citroën 2CV por parte da minha namorada...

A primeira vez, para ela se ambientar ao menino, foi num arruamento sem trânsito em Vilamoura. Não gostou porque a direcção era pesada (face à de um Fiesta de 2006, isto é uma reacção que considero normal...), os travões eram "duros" (aqui a falta de hábito à não assistência) e o comando da caixa (o temível cajado) é sempre intrigante para os novatos.

Confesso que por esta altura fiquei assustado por ela não ter gostado, achei que já não ia querer mais.

Mas, dias depois numa segunda abordagem, já tendo em conta alguns conselhos que lhe dei face às dificuldades da primeira vez, numa estrada nacional, em circulação normal, gostou da experiência. Até o comando da caixa de velocidade passou a achar prático e fácil de manusear!... Lá suspirei de alivio e hoje, apesar de numa escala menor, ela gosta do azulinho.

Só a titulo de curiosidade, já o tenho em casa pintado e comecei a montá-lo. Num destes dias, num jantar com amigos, foi ela que se chegou à frente para dizer, e francamente babada, do quanto bonito o 2CV estava a ficar :).

Muito bom sinal!

 

Paixão 2CV: Parabéns! Pois às vezes as caras-metades não vão muito na onda das nossas paixões... e é um pouco complicado infecta-las... Muito obrigado pela disponibilidade e votos de sucesso no projecto.

publicado por Nuno Rocha às 23:33
link do post | comentar | favorito
Sábado, 25 de Dezembro de 2010

Boas Festas

 

Boas Festas - Citroën 2CV Natal

 

 

publicado por Nuno Rocha às 00:00
link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Novembro de 2010

Ganhe um de três Citroën 2CV novos com o WC Pato

Bem... Não é bem com o WC Pato, mas antes com o WC Ente.

 

Na Alemanha a alcunha do Citroën 2CV - Dois Cavalos é Ente (Alemão: Pato = Ente).

 

A Johnson, proprietária da marca, pegou nesta coincidência e criou uma campanha original para o seu produto WC Pato | Ente.

 

Ganhe um de trâs Citroën 2CV novos

 

 

Assim quem participar no concurso Ganhe um Pato (http://www.enten-gewinnen.de) poderá ter a oportunidade de ganhar um de três Citroën 2CV - Dois Cavalos novos.

 

Como já referi antes ao divulgar outros concursos com o Citroën 2CV como prémio, parece que o Citroën 2CV - Dois Cavalos se está a tornar num prémio de charme de muitos concursos, em especial na Alemanha e na Holanda.

 

Quando é que será que esta tendência chega a Portugal?

tags:
publicado por Nuno Rocha às 11:01
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Novembro de 2010

Entrevista a Luís Silva, autor do blogue - Citroën 2cv... Um projecto caseiro!

Na minha última mensagem aqui neste blogue fiz referência ao blogue Citroën 2CV... Um projecto caseiro!

 

Recentemente tive a oportunidade de fazer algumas perguntas ao seu autor - Luís Silva.

 

 

Citroen 2CV... Um projecto caseiro!

 

 

Um testemunho muito interessante, com algumas palavras e conselhos importantes para todos aqueles que estejam a pensar colocar mão à obra.

 

Paixão 2CV: Como se preparou antes de se iniciar neste restauro\recuperação? (Espaço para ter o carro, ferramentas, manuais, capacidades técnicas...)

Luís Silva: A grande preparação foi a compra do carro (Barato…) e conseguir dar a volta à minha esposa que já andava farta de restauros lá em casa.

 

O espaço é a garagem de casa que é muito apertada mas tem a vantagem de me permitir trabalhar a altas horas, fechar a porta quando estou cansado, subir ao meu quarto e dormir.

 

A pesquisa: Foram sites (como o seu), You Tube, manual de peças em pdf e telefonemas para alguns amigos.

As ferramentas já existiam de outros restauros noutros carros e as capacidades técnicas acho que já nasceram comigo…

 

Paixão 2CV: Qual a maior surpresa positiva e\ou negativa que teve até ao momento?
Luís Silva: A surpresa positiva foi a enorme quantidade de peças existente no mercado, a negativa é o abuso dos preços de alguns fornecedores.

Paixão 2CV: Qual a coisa que lhe deu mais satisfação em fazer?
Luís Silva: Juntar novamente o chassis com a carroçaria

Paixão 2CV: Qual a coisa que foi mais difícil?
Luís Silva: Juntar novamente o chassis com a carroçaria

Paixão 2CV: Como estar preparado para o "já agora" e se há alguma forma de resistir?
Luís Silva: O “já agora” é o grande sorvedouro de dinheiro num restauro e a melhor forma de lhe resistir é ser racional na avaliação das coisas a substituir ou a arranjar. Não faz sentido por exemplo se uma embraiagem está boa sem dar problemas substitui-la com o pretexto de já agora que a tirei… Faz sentido sim limpar e ver se está bem ou não. A limpeza das peças é a melhor forma de avaliar se estão em condições ou não.

Paixão 2CV: Qual seria o seu conselho para alguém que estivesse a iniciar a recuperação de um Citroën 2CV?
Luís Silva: Ter muita paciência, nunca desistir e se correr alguma coisa mal aprender com o erro, como eu fiz com o prato de embraiagem

 

Paixão 2CV: Já agora... Entre dois pais... Não é um prazer quando a pequenada delira com o Citroën 2CV? :-)
Luís Silva: É um enorme prazer, principalmente quando a envolvemos no processo de restauro e a fazemos acreditar que foi ela a fazer o mais importante.

 

Gostava de agradecer mais uma vez ao Luís Silva a disponibilidade e os bons conselhos que aqui nos deixou.

publicado por Nuno Rocha às 21:53
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 8 de Novembro de 2010

Citroën 2cv... Um projecto caseiro!

Uma das características do Citroën 2CV - Dois Cavalos é a sua simplicidade e grande facilidade de rapidamente o desmontar e montar de novo. No entanto, debaixo desta simplicidade escondem-se pequenos detalhes que, para quem não os conhece, podem complicar as coisas.

 

Como outros bicavalistas, ao verificar que já havia uns podres e uns pontos a necessitar de reparação no meu Citroën 2CV - Dois Cavalos, decidi colocar mãos à obra e iniciar eu próprio os trabalhos de reparação.

 

Depressa surgiram as primeiras dúvidas e questões. Nestas ocasiões é sempre interessante ter a oportunidade de ver e comparar como outros já resolveram a mesma situação.

 

Os livros e manuais técnicos podem ser uma ajuda preciosa. Mas sendo editados por profissionais com acesso a todas as ferramentas e especialistas das diferentes áreas às vezes faltam as pequenas astúcias e truques que o bicavalista autodidacta tem que utilizar para ultrapassar estes desafios com os recursos que tem disponível.

 

Quando há dez anos atrás procurei por estes truques ou por uma página onde pudesse encontrar um percurso de recuperação de um Citroën 2CV - Dois Cavalos com fotografias e dicas, pouco ou nada encontrei.

 

 

Citroën 2CV, Um projecto caseiro.

 

 

Felizmente hoje, com o avanço da fotografia digital e das redes sociais, as coisas estão mais fáceis e surgem novas páginas e conteúdos interessantes e práticos.

 

Um exemplo disso é um blogue português que se cruzou recentemente no meu caminho: Citroën 2cv... Um projecto caseiro.

 

Fazendo justiça ao seu lema: "Citroen 2cv... Só não faz quem não quer", o seu autor, Luís Silva, vai descrevendo toda a jornada de reacordar um Citroën 2CV - Dois Cavalos.

 

Desde a compra, as primeiras reparações para passar na Inspecção, fazer uma nova capota, reparar o motor, muita informação útil para quem está a pensar aventurar-se numa recuperação de um Citroën 2CV - Dois Cavalos pode ser encontrada nesta página .

 

Tem ainda a particularidade de, para além das questões técnicas, podermos acompanhar também alguns dilemas de como lidar com as nossas caras metades.

 

Vale sem dúvida uma visita!

tags:
publicado por Nuno Rocha às 22:37
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 18 de Outubro de 2010

Água, um bem escasso como o nosso Citroën 2CV - Dois Cavalos.

Na passada sexta-feira, 15 de Outubro, foi o Blog Action Day, uma iniciativa mundial onde autores de blogues de todo o mundo se unem e escrevem sobre um tema. Este ano o tema escolhido é a água.

 

A água é um recurso limitado, especialmente a água potável, que muitas vezes é mal tratado e colocado em risco desnecessariamente.

 

O Citroën 2CV - Dois Cavalos sempre esteve ligado aos conceitos de liberdade, descoberta ou aventura.

 

Como bons aventureiros e exploradores, os Bicavalistas são pessoas que apreciam a natureza e sensíveis à sua preservação e conservação.

 

Num primeiro olhar pode parecer que há muita ligação entre o Citroën 2CV - Dois Cavalos e a água...

 

 

Citroen 2CV Boat

 

 

Bem houve alguém que em tempos fez umas versões aquáticas…

 

No entanto, em algumas ocasiões da vida bicavalista podemos, caso não se tomem as devidas precauções, estar a contribuir para a degradação da Natureza e a diminuição das reservas de água potável.

 

As tarefas de manutenção e reparação do nosso Citroën 2CV - Dois Cavalos são uma dessas ocasiões mais evidentes.

 

Como autodidactas e adeptos do “faça você mesmo”, os bicavalistas realizam eles próprios em casa muitas das tarefas de manutenção: mudanças de óleo, filtros, etc.

 

Muitos dos produtos utilizados nos carros, os óleos, as baterias, etc, são resíduos perigosos que, caso não sejam devidamente tratados, podem ser muito prejudiciais ao meio ambiente.

 

É então imperativo que durante a realização destas tarefas todos os cuidados sejam tomados para não haver fugas e derrames. Os produtos perigosos devem ser encaminhados e depositdos em locais próprios e que procedam ao seru correcto tratamento.

 

Não é solução derramar o óleo no solo ou nas canalizações, só contribuirá para ter problemas no futuro.

 

Há tempos circulava na Internet a mensagem de que 1 litro de óleo poderia poluir milhares de litros de água. Tal não será enteiramente verdade e terá já sido desmentido.

 

Na verdade, o óleo e a água não se misturam. Contudo o óleo deposita-se na superfície da água e ao tapar o contact para o exterior podemdo levar ao surgimento de problemas nos ecossistemas marítimos.

 

Não se esqueça, quando realizar alguma tarefa de manutenção no Citroën 2CV - Dois Cavalos coloque os resíduos nos locais de tratamento correctos.

 

 

copo de água

 

 

publicado por Nuno Rocha às 22:56
link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 11 de Outubro de 2010

O Citroën 2CV - Dois Cavalos e a banda desenhada

Ao longo do tempo o Citroën 2CV - Dois Cavalos tem feito diversas aparições em histórias de banda desenhada.

 

Um pais com uma ligação por excelência entre o Citroën 2CV - Dois Cavalos e a banda desenhada é a Bélgica.

 

Por um lado foi um dos locais no mundo com produção própria de Citroën 2CV - Dois Cavalos e por outro o berço de algumas das mais conhecidas histórias aos quadradinhos.

 

Heróis como Tintin ou Luky Luke são algumas das muitas personagens que os desenhadores franco belgas criaram. Talvez influenciados pelos carros que circulavam nas ruas das metrópoles belgas, em muitas das histórias, o Citroën 2CV - Dois Cavalos é um personagem activo.

 

Bilhete Museu de Banda Desenhada Bruxelas

 

Um bom local para reviver toda a banda desenhada franco belga é o Museu de Banda Desenhada em Bruxelas. Um bonito edifício, um verdadeiro templo de Art Nouveau, projectado pelo arquitecto Victor Horta, onde se pode observar e aprender como nasce uma história de banda desenhada e percorrer a história desta "nona arte" e as diferentes correntes ao longo do tempo.

 

Mas como ingrediente especial e por certo como homenagem a esta personagem tão especial e por nós acarinhada, podemos encontrar um belo exemplar do nosso Citroën 2CV - Dois Cavalos no hall de entrada a receber todos os que chegam.

 

Citroën 2CV no Museu de Banda Desenhada

 

No caso em particular é feita a referência às personagens Bruno e Bill (Boule et Bill no original), mas talvez a aparição mais conhecida do Citroën 2CV - Dois Cavalos em histórias de banda desenhada seja nas tiras do Tintin. Nas histórias deste famoso repórter, em alguns dos episódios um Citroën 2CV - Dois Cavalos é conduzido pelos muito especiais detectives Dupond e Dupont. Mais tarde será a própria Citroën a utilizar a imagem de Tintin para publicitar o Citroën 2CV - Dois Cavalos.

 

Se passar por Bruxelas esta é uma boa razão para visitar o Museu de Banda Desenhada.

publicado por Nuno Rocha às 23:29
link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 2 de Setembro de 2010

Este verão a família diverte-se no C_42!

No início do Verão a Citroën renovou a sua montra de charme C_42 nos Champs-Elysees, em Paris.

 

Nova temporada, um novo tema e roupa nova em torno do lema "Em família é divertido!".

 

Crianças, jovens, pais e avós, novos e velhos são todos convidados a divertirem-se em família na C_42.

"Viva o verão! Vivam as férias! Viva a reunião da família!"

 

Assim pode ser resumida a atmosfera que se vive na C_42, estando o espaço organizado para proporcionar momentos descontraidos e divertidos em conjunto para toda a família.

 

C_42 Family Fun

 

Na fachada o olhar de uma criança lança o mote e convida quem passa a entrar. Lá dentro o visitante depára-se com o nosso especial Citroën 2CV - Dois Cavalos.

 

O Citroën 2CV - Dois Cavalos foi o primeiro carro familiar da Citroën e marca a democratização deste meio de transporte pelas famílias francesas em particular e europeias em geral.

 

Tendo o Citroën 2CV - Dois Cavalos como ponto de partida, no restante espaço estão os seus sucessores, que representam a oferta actual da Citroën no campo familiar.

 

Fotos: Citroën Communication

publicado por Nuno Rocha às 23:45
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 28 de Julho de 2010

Já se passaram 20 anos!

Este mês de Julho e em particular na passada 3.ª feira assinalaram-se os 20 anos da montagem do último Citroën 2CV - Dois Cavalos no mundo.

 

Esse Citroën 2CV Charleston cinza e preto deixou a linha de montagem da Fábrica Citroën em Mangualde no dia 27 de Julho de 1990. Um vídeo desses momentos pode ser encontrado no YouTube: Último Citroën 2CV.

 

Esses 20 anos foram assinalados da melhor forma em Mangualde.

 

A abrir, no dia 22 de Julho, foi inaugurada a Rotunda 2CV à saída da A25. Uma obra conjunta da Câmara Municipal e da própria Citroën.

 

A reportagem da Dão TV da inauguração da Rotunda 2CV.

 

 

Nesta inauguração uniu-se o passado com o Citroën 2CV - Dois Cavalos com o presente e futuro, ao serem anunciadas boas notícias para a continuação da laboração da Fábrica da Citroën.

 

E logo no fim-de-semana seguinte realizou-se o 5.º ENCONTRO 2 CV DE MANGUALDE.

 

Do programa fez parte uma foto de família na recém-inaugurada Rotunda 2CV e uma reconstituição desse momento marcante da história do Citroën 2CV - Dois Cavalos, a saída da linha de montagem do último Citroën 2CV - Dois Cavalos.

 

Foto Rotunda 2CV Mangualde - 5 Encontro Citroën 2CV Mangualde

Foto aérea: José Dias

publicado por Nuno Rocha às 23:17
link do post | comentar | favorito
Related Posts with Thumbnails

Rede Paixão 2CV

Página | Blogue | 2CV Market


Crie o seu produto Citroën 2CV personalizado!

Citroen 2CV T-Shirts

posts com interesse

Novo Citroën 2CV – Dois Cavalos – Tudo o que já foi dito!

Já verificou se a matrícula do seu Citroën 2CV – Dois Cavalos foi cancelada?

posts recentes

Os clássicos são um bom i...

O regresso do guarda-chuv...

Boas Festas

Ganhe um de três Citroën ...

Entrevista a Luís Silva, ...

Citroën 2cv... Um project...

Água, um bem escasso como...

O Citroën 2CV - Dois Cava...

Este verão a família dive...

Já se passaram 20 anos!

pesquisar neste blogue

 

arquivos

blogs SAPO

Statcounter