Sexta-feira, 31 de Julho de 2009

Entrevista a Rui Ferreira - Ciclo de entrevistas "Como se prepara um Citroën 2CV?"

Continuamos as nossas entrevistas com uma entrevista ao bicavalista Rui Ferreira, conhecido no meio nacional dos Citroën 2CV como Rui Hagar.

 
Como montada o Rui "Hagar" Ferreira possui, entre outros bicilindricos, um belo exemplar do Citroën 2CV 6 Club. Esta viatura tem lhe feito companhia nas mais loucas aventuras bicavalistas, nomeadamente 3 Encontros Mundiais de Amigos do Citroën 2CV e inumeros encontros e eventos realizados em território nacional ao longos dos últimos 16 anos.
 
 
Rui "Hagar" Ferreira pertence aos corpos sociais do Núcleo 2CV de Lisboa, do qual é sócio, adicionalmente é ainda sócio do Clube 2CV Dyane de Portugal e do Núcleo 2CV Dyane do Redondo.
 
[Paixão 2CV] Antes de uma viagem quais são os cuidados que tem e como prepara o Citroën 2CV?
[Rui "Hagar" Ferreira] Os cuidados são muito simples:
  • uma revisão geral;
  • mudança de fluidos (óleo, valvulina e LHM);
  • mudança de platinados, condensador e respectiva afinação;
  • mudança de velas;
  • verificação das pastilhas de travão;
  • luzes;
  • e julgo que está tudo...
Há a referir que no carro convém levar uma caixa de ferramentas e alguns acessórios e peças (por exemplo: poli, correia, velas, platinados, bomba de gasolina, motor de arranque, alternador, etc) coisas que se saibam substituir.
 
[Paixão 2CV] E em termos pessoais, como se prepara?
[Rui "Hagar" Ferreira] Um saco de roupa, tenda, colchões térmicos, sacos cama, a bela da bandeira nacional, alguma alimentação, muita bebida e, fundamentalmente, muita vontade!
 
[Paixão 2CV] De todas as viagens que já realizou, conte-nos um episódio ou experiência que o tenha marcado.
[Rui "Hagar" Ferreira] Uma das histórias engraçadas que me aconteceu foi no regresso do 15.º Encontro Mundial de Itália em 2003.
 
Vinha sozinho com o meu pendura e trazia na parte de trás um tacho enorme, que fora utilizado para cozinhar para 50 pessoas. Tinha que o ir devolver à Associação Portuguesa de Rodez em França, associação que, na viagem de ida, recebeu de braços abertos uma caravana de cerca de 20 viaturas (organização do N2CVL) e gentilmente nos tinha emprestado o dito tacho.
 
Em Monpellier, não conseguindo entrar na cidade devido às obras e estando parado num semafero, pára ao meu lado um carro com 4 luso descendentes. Espantados, olhavam para dentro do Citroën 2CV e vendo só 2 ocupantes se perguntavam para quê um tacho tão grande.
 
Bem, foi um fartote de rir para mim e para o meu pendura, sendo-o também posteriormente para todos os integrantes da dita caravana, quando nos encontramos mais tarde.
 
Como despedida o Rui "Hagar" Ferreira sugere uma visita a um blogue que documenta uma aventura que teve com mais dois companheiros de montada há dois anos - uma volta a Portugal aqui fica o link http://volta2cvportugal.blogspot.com/.
 
Sugerimos também que visite o blogue bicavalista pessoal do Rui "Hagar" Ferreira em: http://ruihagar.blogspot.com

Ler todas as entrevistas.
publicado por Nuno Rocha às 22:01
link do post | comentar | favorito
Related Posts with Thumbnails

Rede Paixão 2CV

Página | Blogue | 2CV Market


Crie o seu produto Citroën 2CV personalizado!

Citroen 2CV T-Shirts

posts com interesse

Novo Citroën 2CV – Dois Cavalos – Tudo o que já foi dito!

Já verificou se a matrícula do seu Citroën 2CV – Dois Cavalos foi cancelada?

posts recentes

Os clássicos são um bom i...

O regresso do guarda-chuv...

Boas Festas

Ganhe um de três Citroën ...

Entrevista a Luís Silva, ...

Citroën 2cv... Um project...

Água, um bem escasso como...

O Citroën 2CV - Dois Cava...

Este verão a família dive...

Já se passaram 20 anos!

pesquisar neste blogue

 

arquivos

blogs SAPO

Statcounter