Quinta-feira, 31 de Maio de 2007

Citroën 2CV – Um veículo histórico ou um carro velho?

Passam já quase 17 anos desde que o último Citroën 2CV saiu da linha de montagem da Fábrica Citroën de Mangualde.

 

Por estas alturas já se vão encontrando um ou outro abandonado nas bermas da estrada e muitos estão já parados há algum tempo em garagens espalhadas por esse pais e mundo fora.

Por isso não é de estranhar ouvir da boca dos mais jovens a seguinte frase, à passagem de um Citroën 2CV:
- Oh Pai! Vai ali Citroën 2CV, aquele carro velho que tu gostas!

Deixando de lado a questão do orgulho beliscado, fica a pergunta no ar:
- Será o Citroën 2CV um carro velho ou um veículo histórico?

Nada melhor do que visitar as autoridades competentes nesta matéria e verificar se há algumas indicações que ajudem na classificação dos veículos.

Neste campo a autoridade internacional é a FIVA - Federation Internationale des Vehicules Anciens (http://www.fiva.org/), sendo o seu representante nacional o CPAA – Clube Português de Automóveis Antigos (http://cpaa.no.sapo.pt/).

Ora segundo estas duas entidades a definição de veículo histórico é a seguinte:

" Veículo histórico é um veículo de propulsão mecânica, fabricado há mais de 24 anos, preservado e mantido em correctas condições originais, a cargo duma pessoa ou organização, conservado pelo seu interesse histórico e técnico, e não sendo de utilização diária.
Os veículos deverão, em principio, ser conservados e utilizados tal como foram entregues pelo construtor e compreendendo todos os acessórios ou opções oferecidas pelo construtor ou vendidas durante a vida normal do veículo."


Analisando a definição ponto por ponto não restam muitas dúvidas.


O Citroën 2CV é um veículo de propulsão mecânica (o nome Dois Cavalos é só mesmo para enganar), há já alguns exemplares que têm 24 ou mais anos e muitos outros, a cargo de pessoas ou organizações, estão preservados e mantidos em perfeitas condições e de acordo com as especificações originais.

O ponto que pode levantar mais dúvidas e ser para muitos discutível é o interesse histórico e técnico.

Na minha opinião o Citroën 2CV tem interesse histórico e técnico.

Porquê?
Porque em termos históricos o Citroën 2CV foi um carro que marcou o após 2.ª guerra mundial tendo contribuído para a motorização das massas sendo um ícone cultural de um país – a França – e um ícone de diversas gerações e movimentos. Para além disso é um dos modelos com maior tempo de vida em produção.
Finalmente, o seu projecto e concepção foi também inovador em muitos aspectos. Pela primeira vez na história automóvel foi realizado um inquérito de opinião para auscultar os desejos e necessidades dos clientes.

Em termos técnicos o Citroën 2CV é um exemplo do paradigma da simplicidade. Como soluções simples e engenhosas resolvem eficientemente os problemas. Muitas soluções apresentadas foram também pioneiras para a época e para o tipo de veiculo, um exemplo é a sua suspensão independente às a 4 rodas ou artifícios como a regulação mecânica da altura dos faróis.

Feita esta análise, a resposta à pergunta - Será o Citroën 2CV um carro velho ou um veículo histórico? - só pode ser: O Citroën 2CV é um veículo histórico de pleno direito.

publicado por Nuno Rocha às 18:57
link do post | comentar | favorito
Related Posts with Thumbnails

Rede Paixão 2CV

Página | Blogue | 2CV Market


Crie o seu produto Citroën 2CV personalizado!

Citroen 2CV T-Shirts

posts com interesse

Novo Citroën 2CV – Dois Cavalos – Tudo o que já foi dito!

Já verificou se a matrícula do seu Citroën 2CV – Dois Cavalos foi cancelada?

posts recentes

Os clássicos são um bom i...

O regresso do guarda-chuv...

Boas Festas

Ganhe um de três Citroën ...

Entrevista a Luís Silva, ...

Citroën 2cv... Um project...

Água, um bem escasso como...

O Citroën 2CV - Dois Cava...

Este verão a família dive...

Já se passaram 20 anos!

pesquisar neste blogue

 

arquivos

blogs SAPO

Statcounter