Quarta-feira, 23 de Janeiro de 2008

C-Catus o Citroën 2CV dos tempos modernos

A tarefa era simples: criar um veículo elementar constituído essencialmente por quatro rodas debaixo de um guarda-chuva, capaz de transportar confortavelmente quatro pessoas e 50 kg de batatas a 60 km/h por estradas de terra batida, ou transpor um campo lavrado com uma cesta de ovos sem partir nenhum.

O resultado todos nós o conhecemos: o nosso adorado Citroën 2CV!

 

C-Catus o Citroën 2CV dos tempos modernos

 

50 anos depois a Citroën está de volta mas as expectativas dos clientes são outras, todavia o C-Catus, como o Citroën 2CV na altura, parece ter resposta para todas!


O C-Catus tem também as mesmas quatro rodas, mas o guarda-chuva deu lugar a um tecto panorâmico e não falta o ar-condicionado. Como o Citroën 2CV, também o C-Catus pode transportar confortavelmente quatro pessoas e os 50kg de batatas seriam canja!

 

Um veículo ecológico para as massas

 

Por falar em batatas, já não é necessário o teste dos ovos e dos campos lavrados, no entanto a ecologia não é esquecida e com consumos e emissões tão baixas de respectivamente 2,9 l/100km e 78 g/km o C-Catus cumprirá durante muitos anos as normas de emissões e deixará um rasto bem limpo atrás de si.

 

A excelência da simplicidade, ou quando menos é mais

 

Cathal Loughnane, designer de interiores da Citroën afirmou:”O C-Catus foi criado no espírito em qual o Citroën 2CV foi concebido”.

Quando se olha para o interior tem se a impressão de que falta qualquer coisa, o painel de instrumentos, o guarda luvas, o airbag do passageiro, as saídas de ventilação... Não necessariamente. O sistema de ar-condicionado está lá contudo faz parte do próprio estilo do interior, parecendo mesmo a admissão de uma turbina de avião.

 

Simplesmente... Simples!

 

À primeira vista parecem soluções básicas e entediantes, mas não são!

A Citroën não desenhou uma viatura desprovida de equipamentos e de conforto. Não! Como no Citroën 2CV utilizou uma aproximação minimalista, pondo em prática o lema: “menos é mais”, e com esta estratégia maximizou a atractividade desta viatura, um Centro Pompidou rolante.


C-Catus o Citroën 2CV dos tempos modernos

 

Emmanuel Lafaury, responsável técnico pelos concept cars na Citroën explica como foi possível reduzir para metade os componentes do interior:” O carro tem só o que é essencial: desenho atractivo, ar-condicionado, um sistema de audio de elevada qualidade, cruise control e todos os sistemas de segurança. Foi utilizado o mesmo molde na parte dianteira e traseira. A segurança em caso de embate não é problema e a velocidade máxima de 150 km/h [limitada por razões ecológicas] é mais do que suficiente e assim não são necessários discos de travão grandes e caros.”

 

Equipamento supérfluo = custos desnecessários

 

Abandonar tudo o que não é essencial ajuda a reduzir o peso e equilibrar o custo do caro mas altamente eficiente sistema híbrido do C-Catus.


 

Baseado na plataforma do Citroën C4 a sua produção não terá que recorrer a soluções “extremas” de simplicidade e com facilidade o seu preço se situará em redor do C4 entrada de gama, o entanto os custos de manutenção e operação serão muito baixos.

Se a Citroën tiver a coragem e colocar o C-Catus no mercado brevemente não terá nenhuma concorrência e com toda a certeza irá criar mais um ícone.

 

Ao lançar este conceito a Citroën estará mais uma vez a lançar uma viatura que corresponde aos desejos dos consumidores actuais: uma viatura com estilo, confortável, segura e com o equipamento essencial e a cima de tudo, económica e ecológica.

publicado por Nuno Rocha às 23:11
link do post | comentar | favorito
Related Posts with Thumbnails

Rede Paixão 2CV

Página | Blogue | 2CV Market


Crie o seu produto Citroën 2CV personalizado!

Citroen 2CV T-Shirts

posts com interesse

Novo Citroën 2CV – Dois Cavalos – Tudo o que já foi dito!

Já verificou se a matrícula do seu Citroën 2CV – Dois Cavalos foi cancelada?

posts recentes

Os clássicos são um bom i...

O regresso do guarda-chuv...

Boas Festas

Ganhe um de três Citroën ...

Entrevista a Luís Silva, ...

Citroën 2cv... Um project...

Água, um bem escasso como...

O Citroën 2CV - Dois Cava...

Este verão a família dive...

Já se passaram 20 anos!

pesquisar neste blogue

 

arquivos

blogs SAPO

Statcounter